CATAFORTE III Começa a Rodar o programa

CATAFORTE III começa a Rodar o programa


No dia 10 de outubro foi realizada a Solenidade de Assinatura das Bases de Serviços do Cataforte III, na Recicla Ourinhos,com a presença da Prefeita Belkis Fernandes, do Ministro Interino da Secretaria Geral da Presidência da República Diogo de Sant'Anna, Prof. Paul Singer, Daniela Metello, Coordenadora do Comitê Interministerial para Inclusão Social e Econômica de Catadores de Materiais Recicláveis e Reutilizáveis de catadores (as), representantes da FUNASA, Fundação Banco do Brasil, BNDS e catadores (as) de várias regiões do Brasil.

A terceira fase do Programa Cataforte beneficiará 33 redes de coleta seletiva em diversas regiões do Brasil, 250 empreendimentos solidários e mais de 12 mil catadores (as), com investimento de R$ 200 milhões, que serão destinados a estruturação das cooperativas e associações, assistência técnica, apoio a elaboração de planos de negócios e capacitação de catadores e lideranças.

Com essa iniciativa pretende-se que esses empreendimentos solidários se tornem aptos a prestar serviços de coleta seletiva para prefeituras, participar do mercado de logística reversa e realizar conjuntamente a comercialização e beneficiamento de produtos recicláveis.

Um outro Brasil está nascendo

No ato, o Prof. Paul Singer comenta que o sentimento é que "um outro Brasil está nascendo. Ele está nascendo não só porque o governo Federal está promovendo e apoiando a luta dos que querem mudar este país, mas por causa dos que conduzem esta luta". Conclui dizendo que os "recicladores e recicladoras estão mudando este país". Faz menção à enorme desigualdade social e econômica existente no Brasil, que o coloca entre os piores do mundo em má distribuição de renda e, por consequência, promove a produção da miséria, pobreza e injustiça.

O entusiasmo de Paul Singer é que a organização dos catadores (as) está pautado na economia solidária, que é uma alternativa de desenvolvimento para o Brasil com maior justiça social e equidade social, onde "ninguém manda e ninguém obedece. São todos iguais porque se pratica democracia no campo da economia".

Para um desenvolvimento sustentável e sólido das cooperativas e associações (as) dentro do processo capitalista vigente é de fundamental importância que os catadores (as) atuem levando em consideração os princípios e procedimentos da economia solidária. Existem forças de interesses contrárias às dos catadores (as) que estão se organizando no Brasil, especialmente as Parcerias Público Privadas - PPP, que buscam realizar trabalhos que hoje são realizados pelos catadores (as), com a intenção de tirá-los do cenário ou controlar o processo, por interesses meramente econômicos.

Mesmo sendo contra a Política Nacional de Resíduos Sólidos, essas PPP estão ganhando terreno no cenário nacional e sem um organização sólida, os catadores correm riscos de perderem espaços conquistados. "A economia solidária, pode contribuir para a organização e fortalecimento dos catadores", comenta Vilma Moura, da Secretaria das Mulheres Catadores do Estado de São Paulo, "mas para isso temos que entender o significado da economia solidária, nos conhecermos e nos unirmos mais a nível nacional e usar essa estratégia de desenvolvimento a nosso favor", conclui.

Começa a rodar o programa

Para a Coordenadora do Comitê Interministerial de Inclusão Social e Econômica dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis, Daniela Metello, esse ato marca "o início de fato do Cataforte III, com a assinatura dos contratos das Bases de Serviços e o primeiro contrato de entrega de equipamentos. A partir de agora, segundo Daniela, "começa a rodar o programa, as bases começam a prestar assessoria para as redes, e o programa começa a avançar a passar largos".



Ourinhos tem vontade política para construir um Brasil melhor, justo e solidário

A Prefeita de Ourinhos Belkis Fernandes comenta que o município é referência para os catadores (as) "porque tem vontade política para realizar" esses trabalhos que visam beneficiar o município, os catadores (as) e o meio ambiente. Salienta que "apenas a legislação em si não transforma, o que transforma é o homem ou mulher que está na frente da gestão, com a vontade política".



O Ministro Diogo de Sant'Anna, cita que "essa experiência que está ocorrendo no município de Ourinhos é a melhor experiência da Política Nacional de Resíduos Sólidos do Brasil". O contrato realizado entre os catadores (as) e a Prefeitura de Ourinhos, "seja do ponto de vista dos recursos financeiros, seja do ponto de vista do jeito que ele é, da forma como ele é feito, é o melhor contrato entre uma Prefeitura e uma cooperativa de materiais recicláveis, esse contrato que paga pelo transporte, que paga pela coleta, que paga pela triagem e que gera uma renda fixa e digna para a cooperativa de materiais recicláveis, é um exemplo que deveria ser repetido em todas as cidades do Brasil", conclui.



Para Matilde Ramos da Silva Bras, da Secretaria das Mulheres Catadoras do Estado de São Paulo, "esse evento significa um momento de muita alegria e de reflexão para os catadores e catadoras do Brasil". "O que esperamos é um grande avanço no desenvolvimento e fortalecimento das Cooperativas e Associações de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis em todo país, para que esses profissionais saiam da invisibilidade e atuem de fato como prestadores de serviços ambientais às prefeituras, recebendo dignamente pelos serviços prestados, e não continuem sendo vítimas da precarização do trabalho, por falta de consciência de gestores públicos em relação à Política Nacional de Resíduos Sólidos e pela falta de compromisso com a construção de um país justo, democrático e solidário", conclui Matilde.



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coopcent, Senaes-MTE e Consórcio Intermunicipal ABC realizam Seminário
A Coopcent ABC abre licitação para aquisição de 16 carrinhos motorizados, 05 prensas verticais, 01 fragmentadora de papéis e 01 carroceria.
Aberta Licitação para Empresa de Transporte para Serviços Eventuais
>
Conferência Regional de Economia Solidária une ABCDMRR e Baixada Santista (5 de abril de 2014)
Dilma visita estande da Coopcent ABC na Expocatadores (19/12/2013)
Catadoras do ABC agradecem à Dilma
Catadores organizados realizam coleta porta a porta em São Bernardo do Campo
Grande ABC e Baixada Santista organizam Conferência Regional da Economia Solidária
Catadora do ABC expõe no I Seminário Nacional da SENAES - PRÓ-CATADOR
Coopcent e Senaes formam mais uma turma de catadores e catadoras novos
Um dia na vida de uma cooperativa de catadoras e catadores de materiais recicláveis 29/05/2013
Coopcent ABC visita prefeito de Rio Grande da Serra 13/09/2013
Prorrogação de processo seletivo 09/2013
Coopcent ABC busca parceria com a Unimáquinas
San Diego é um exemplo de município sustentável no manejo e tratamento dos resíduos sólidos.)
Grande ABC realiza a I Conferencia Regional do Meio Ambiente (14/06/2013)
Catadores de São Bernardo do Campo realizam reunião com Tarcísio Secoli (18/06/2013)
Alunos do Curso de Formação de Novos Catadores de Ribeirão Pires do Projeto SENAES - Coopcent ABC realizam produção de filme (06/06/2013).
Coopcent ABC e Petrobras lançam projeto "Rede ABC Catadores Gerando Renda 2012-2013" - (03/05/2013)
Coopcent e Senaes formam mais uma turma de catadores e catadoras novos (10/05/2013)
Catadoras e catadores dão exemplo de cidadania e sabedoria (03/05/2013)
Central de Triagem de Recicláveis inaugurado em Mauá (05 de dezembro de 2012)
Um dia na vida de uma cooperativa de catadoras e catadores de materiais recicláveis (29/05/2013)
Assembleia para eleição da diretoria COOPCENT ABC 2012/2014.
O projeto REDE ABC 2010 realiza visitas de acompanhamento dos trabalhos nos grupos
Fortalecimento da Política Pública com a inclusão dos catadores
COOPCENT em vídeoconferência realizada pelo SENAES
Aula inaugural Projeto COOPCENT-SENAES no Consórcio ABC
Coopcent ABC alinhada com o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Reciclável

Cooperativa Central de Catadores e Catadoras de Material Reciclável do Grande ABC - COOPCENT ABC
Rua Caracas, 120 - DIADEMA - SP - CEP: 09921-090 Tel: (11) 4054-2263 - CNPJ: 10.203.963/0001- 46